Pular para o conteúdo principal

Sobre o Blog Comunidade E-COciente


Bem-vindo ao Blog Comunidade e-coCiente, meu nome é Bianca, eu sou idealizadora do Blog e fundadora da loja e-coCiente. Sou a mãe do Gabriel de 2 anos e  8 meses, e isso tem tudo a ver com as coisas que quero tratar neste espaço. Pois foi com a vinda dele que me tornei uma pessoa em busca de formas de consumo mais sustentáveis.
Na contra mão da sustentabilidade, nós, consumidores, somos incentivados o tempo todo pela indústria ao imediatismo, à cultura do descartável, a demanda do que é mais “prático”. É aí que entra o papel da informação. Eu acredito que informação empodera, e dividir conhecimentos adquiridos é um caminho para a transformação. Por isso e para isso que este blog nasceu. Aqui podemos dividir conhecimento, gerar questionamento e transformação, expor dificuldades e discutir soluções. Afinal, ao invés de “surfar essa onda” de consumo, podemos tomar um posicionamento diferente perante o papel que nos cabe: o de demandar. Consumindo menos, e/ou demandando por melhores opções, fomentamos o crescimento da oferta de produtos sustentáveis.
Você tem poder sobre o que você demanda!
Eu acho importante frisar que se você vive em sociedade, você não vive isolado consumindo aquilo que você produz com seu próprio esforço. Inevitavelmente você gera impactos no seu meio, e eles vão variar de acordo com a sua rotina, estrutura familiar, nível de escolaridade, cultura, além de outras coisas. Mas na maioria dos casos, existe espaço para refletir sobre suas escolhas, e por meio dessas reflexões encontrar opções mais equilibradas para o meio ambiente. Algumas podem ser consideradas bem simples, e outras bem mais elaboradas...
Para mim o despertar para essas mudanças de forma mais intensa ocorreu motivada pelo nascimento do Gabriel. E adotar essa nova postura exige uma busca constante por informações, que não são as mais fáceis de conseguir na primeira busca no Google. Então, quando eu senti a dificuldade de encontrar informações confiáveis e produtos que fossem pensados com conceitos sustentáveis, percebi uma oportunidade de trabalhar com alguma coisa que gerasse uma mudança positiva na vida das pessoas. E decidi criar a loja e agora o Blog.
Cada um tem seu próprio tempo e motivação, esse processo é particular, no entanto despertar é extremamente necessário. Se continuarmos nesse modo automático de viver, a humanidade não tem muito tempo pela frente. O foco aqui não é ecologia e meio ambiente, e sim uma reflexão sobre nossas escolhas diárias como cidadãos no relacionamento com a família, com a rotina, com o consumo, com a sociedade, com a natureza, obviamente, e com nós mesmos. Em casa ainda tenho muitas dificuldades, ainda gero bastante resíduo. Assim como é difícil para mim, imagino que deva ser aí pra você também.
No mais, a primeira coisa para iniciar esta mudança está além de saber quanto de impacto você gera. O importante é gradualmente se posicionar perante escolhas. Faça hoje escolhas melhores que as de ontem, e assim sucessivamente. Eu proponho aqui no blog um diálogo positivo, sem buscar perfeição e sem julgamentos, nos direcionando para o que é possível para cada um ao longo dessa jornada. Eu te convido a mudar e já te adianto que é profundamente gratificante. 

Comentários

  1. Adorei o texto! Realmente precisamos de mais diálogos para podermos mudar tudo a nossa volta. Abraço Bianca!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião, sugestão ou comentário!

Postagens mais visitadas deste blog

Por que eu criei um E-COmmerce (ou Ecoloja)?

Um pouco sobre o E-COmmerce e o porquê de criá-lo... A e-coCiente é uma loja online de consumo consciente uma Ecoloja virtual.  Ela nasceu em 2018 devido a um incômodo antigo que eu tenho com a quantidade de lixo que a gente gera todo dia. Há muito tempo seleciono lixo doméstico para reciclagem. E quando engravidei em 2016 refleti muito sobre as fraldas que meu bebê usaria. Cheguei a cogitar usar fraldas de pano, porém eu não tinha conhecidos que tivessem compartilhado a experiência, muito menos acesso a fornecedores locais do produto. E optei por não comprar um enxoval inteiro de fraldas pela internet, e fazer um investimento alto sem conhecer os materiais e sem entender bem como funcionava. Achei complicado de administrar naquele momento as inúmeras mudanças, então adiei a ideia . Mas além das fraldas, um dos cliques sobre a quantidade de lixo que geramos com a vinda de um bebê veio antes mesmo do meu filho nascer. Eu viajei de férias e aproveitei a viagem pra f

CONSUMO E INFÂNCIA: Reflexão e Dicas AMOROSAS, ECONÔMICAS e ECOLÓGICAS

CONSUMO E INFÂNCIA. As gerações mais jovens estão cada vez mais preocupadas com questões ambientais. Tenho certeza que no futuro seu filho vai ficar feliz de saber que você priorizou questões de sustentabilidade quando o assunto era consumir algo pra ele. Por isso vamos refletir sobre a quantidade e qualidade dos brinquedos das nossas crianças, e o consumo consciente na infância?  Eu já tratei desse tema no perfil @e.cociente do Instagram, mas com o Dia das Crianças se aproximando achei oportuno tratar do assunto aqui no blog!! Estas são algumas reflexões que pensei quando fui fazer uma arrumação em casa recentemente (até pra conseguir espaço num apartamento de 2 quartos que acomoda uma família com 1 casal, 1 filho de 2 anos e um E-COmmerce... rsrsrs) e identifiquei 18 brinquedos sobrando, DEZOITOOO!!! A grande maioria meu filho ganhou no aniversário de 1 ano, outros vieram ao longo do tempo com vovó, titios, amigos etc. Muitos ele nunca chegou a usar ou pq eram rep